O consumo de conteúdos digitais tem aumentado muito por culpa desta pandemia. Hoje em dia existem serviços para todos os gostos, mas por norma são pagos. Há, no entanto, alguns serviços de TV à borla. Aliás, há muitas formas hoje de ver conteúdos sem gastar um cêntimo.

Depois de apresentarmos aqui 3 serviços completamente grátis, vamos conhecer mais alguns.

TV à borla através da internet? Mais 3 serviços completamente grátis

TV, séries e filmes… tudo grátis…

Tendo em conta o título deste artigo, certamente que pensou que iríamos falar em “serviços piratas” como tantos outros que existem… mas, na verdade, não! Se procurava sites na Internet para ver TV à borla então acabou de encontrar.

 

Libreflix: Um estilo de Netflix, mas totalmente grátis

Talvez seja muito exagerado comparar a plataforma Libreflix ao Netflix, pelo menos no que diz respeito à quantidade de conteúdos. No entanto, o conceito é bastante semelhante, até mesmo a forma como são visualizados os conteúdos.

Para ver qualquer conteúdo basta que o utilizador o selecione da lista e depois carregue em Assistir.

TV à borla através da internet? Mais 3 serviços completamente grátis

 

Internet Archive

O serviço https://archive.org tem a missão de preservar a história. Este serviço é conhecido por compilar e disponibilizar milhares de jogos que fizeram as delícias dos gamers no passado.

Abandonados, esquecidos e ultrapassados, estes títulos ainda mexem com as emoções. No entanto, na plataforma Internet Archive é também possível encontrar uma enorme coleção de filmes, documentários, etc.

TV à borla através da internet? Mais 3 serviços completamente grátis

 

Rakuten TV

É verdade que o serviço Rakuten TV é pago, mas a grande parte da biblioteca está disponível gratuitamente. Para visualizar os filmes de forma gratuita, o utilizador apenas tem de indicar que não se importa de ver publicidade.

O conjunto de conteúdos disponibilizados por esta plataforma é bastante interessante e para todas as idades.

Na internet existem muitos outros serviços deste tipo só que não estão disponíveis em Portugal e até na Europa. Se tiverem sugestões sobre plataformas deste tipo (não pirataria), deixem nos comentários.

 

Leia também…



Fonte: Pedro Pinto