Cada vez mais o WhatsApp não é apenas uma ferramenta para conversar entre utilizadores. É já uma forma das empresas e os negócios interagirem com os seus clientes e com os seus utilizadores, abrindo assim um novo mercado e uma nova forma de fazer negócios.

Se o modelo tradicional tem servido para a mais básica das utilizações nestes cenários, o Facebook quer mudar e abrir mais a utilização. Assim, apresentou agora as ferramentas necessárias para tornar mais fácil e mais rápido os utilizadores falarem com as empresas.

WhatsApp Facebook empresas mensagens negócios

PUB

Mesmo com todos os problemas que têm havido com as novas políticas do WhatsApp, este serviço do Facebook tem apostado na sua relação com as empresas. Quer cativar os negócios e fazer deste serviço o canal de comunicação de eleição.

Assim, e durante a conferência F8 Refresh, o Facebook apresentou novidades importantes para o WhatsApp, em especial no que toca às empresas e como os utilizadores comunicam. Em primeiro lugar, quer que os utilizadores teclem menos nas interações.

Para isso, vai ter disponível um sistema de menus para que seja mais simples comunicar e interagir. Com simples opções, é possível comunicar diretamente apenas apontado e navegando nestes novos menus que podem ser criados rapidamente pelos negócios.

WhatsApp Facebook empresas mensagens negócios

Da mesma forma, é simples aos utilizadores terem acesso ao estado das suas encomendas, através de mensagens automáticas que as empresas podem criar. Estas vão também ser enviadas para notificar de novas promoções ou de novos produtos. Mais uma vez, a interação fica mais simples e mais rápida.

Por fim, e este é um ponto importante, será muito mais simples implementar estas novidades. Em poucos minutos as empresas vão conseguir implementar as novidades com acesso às APIs que o Facebook disponibiliza para o WhatsApp.

Apesar de apresentadas agora, ainda vai demorar algum tempo até estas novidades estarem abertas a todas as empresas. No entanto, vai ser uma forma das empresas criarem os seus canais de comunicação privilegiados, num dos serviços mais usados na Internet.



Fonte: Pedro Simões

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.